sábado, 23 de maio de 2009

TAÇA DE FRANÇA 2009

Insistiram para que publicasse, em vídeo, a minha prestação na Taça de França. Admito que a minha actuação não foi das melhores, mas foi um regresso que me deu muito prazer.
Enfim, está feito e foi assim que se passou...
Independentemente do mau resultado, continuo a dizer que não era a categoria de peso na qual deveria ter participado. O meu segundo adversário era bem mais alto que o primeiro.

video

O meu adversário, neste confronto, foi o finalista vencido da edição 2008.
Vê-se perfeitamente que é um atirador de muito bom nível, experiente nestas andanças e extremamente correcto.

6 comentários:

Anónimo disse...

Diferença de altura diferença idade e perfeitamente normal não ter corrido muito bem a tua prestação e preciso coragem subir ao ringue estas de parabéns.
PAULO SILVA FLG!!!

Anónimo disse...

Je ne sais pas si c'est le format de la vidéo qui fait cela, mais l'action parait hyper dynamique !

Guillaume

Pedro da Glória disse...

J'avoue avoir été surpris par la vivacité de mon 1er adversaire, donc je ne crois pas que ce soit la vidéo qui donne cette impression de dynamisme. Je peux garantir qu'il est très bon boxeur.

Anónimo disse...

num combate técnico o peso não conta meu amigo!vê-se uma grande falta de técnica por parte do Atirador Pedro Gloria,mas com treino e força de vontade tudo e possível

Pedro da Glória disse...

O peso não conta? Que eu saiba, se a relação peso/tamanho for desproporcionada, que é disto que se está a falar, tem muito influência.
Acerca da falta de técnica, o amigo anónimo, se um dia atingir o nível que já tive, até mesmo obter os resultados equiparados aos meus em competição, poderemos falar.
Agora se me disser que eu devia ter juízo e não me meter neste tipo de brincadeiras aos quase 48 anos, e depois de 24 anos sem competir,admitir-lhe-ia que certamente teria toda a razão.

Cumprimentos

Marcelo Flores disse...

Deixa que te pergunte: qual a idade do rapazola do video?? É um miúdo a comparar contigo.
Outra coisa achei: embora ele estivesse estado maioritariamente ao ataque (vantagem da altura), fizeste tu (no que foi possível aferir) técnicas muito mais complexas do que ele (desde o revers rodado saltado no início ao balayage no fim).
Dou-te os meus parabéns e admiro a coragem de voltares ao ringue tantos anos depois!
Um abraço